1 - Apoio para as costas
Quem nunca, durante os exercícios, esqueceu de deixar as costas retinhas?! Isso é muito comum, e a cinta de compressão pode auxiliar bastante no controle da postura. Além disso, pode ser útil para lembrá-la de se sentar direito e, se você continuar utilizando durante o dia, ajudá-la até a comer menos.

2 - Redução de medidas
O uso de roupas com cinta de compressão durante os treinos proporciona alguns benefícios físicos temporários, como redução de medidas e uma cintura mais fininha e modelada.

3 - Atente-se aos tipos
É importante pesquisar bem qual estilo de cinta é o melhor para você, de acordo com os seus objetivos. Existem produtos focados no aumento da atividade térmica em torno da cintura, e outros são mais adequados para o treinamento tradicional desta região. Hoje existem  de treino já com a cinta ou com uma tecnologia de compressão similar inseridos internamente, como é o caso da Tela Power do  Body California ou do Macacão Brenda, ambas peças da coleção GAROTAFIT. Fique de olho e, sempre que possível, consulte um médico ortopedista para auxiliá-la na escolha.

4 - Só a cinta não faz milagre
Lembre-se que a cinta de compressão deve ser uma adição à sua rotina de treino, dieta e hábitos de vida saudáveis, e não uma substituição. Então alimente-se adequadamente, continue firme e forte na academia com ou sem cinta e, para complementar, você também pode utilizá-la em outros momentos do seu dia, mas sempre após consultar opiniões médicas.

5 - Ouça o seu corpo
Ele fala com você, portanto, ouça-o. Use a cinta de compressão durante o treino ou durante o seu dia desde que você esteja confortável. Ao menor sinal de desconforto, retire a cinta e vida que segue! Ela deve ajudar o seu desempenho, nunca atrapalhar.