A cidade de São Paulo tem muitas opções para praticar atividades físicas ao ar livre em São Paulo, seja em parques, praças, quadras e campos públicos, clubes e academias. Além disso, há muito verde a ser aproveitado na cidade, ambiente ideal para quem gosta de se movimentar fora das academias.

Para os mais tradicionais, há os parques, como o Ibirapuera e o Villa-Lobos, com suas pistas de corridas, quadras poliesportivas, campos de futebol e áreas onde concentram-se skatistas e patinadores.

Da corrida ao treino funcional, existem atividades físicas gratuitas ou com preços acessíveis, que podem ser praticadas na rua, na praia, no parque, sozinho ou em grupo. Para te ajudar a se exercitar ao ar livre na Capital paulista, a Garota Fit preparou uma lista de lugares de os principais atrativos de cada um. Confira:

1 – Ioga



Nos quatro cantos de São Paulo, aulas de Ioga, geralmente realizadas em parques e ao ar livre, são oferecidas gratuitamente para pessoas de todas as idades. As aulas abertas são uma boa oportunidade para quem quer conhecer a Yoga sem ter o compromisso de se matricular numa academia.

A Praça Victor Civita, administrada pela Sub-Prefeitura de Pinheiros e o Instituto Abril, é um espaço aberto e gratuito para a realização de exercícios físicos. Entre as atividades estão as aulas de yoga, pilates e dança de salão, além de ser possível utilizar os aparelhos de ginástica do local.

2 - Skate ou patins



A prática destes esportes é um excelente meio para estar em contato com a cidade e para explorar os cantos bacanas entre o verde e o concreto.

Situado na confluência da Rua Cardoso de Almeida e Avenida Dr. Arnaldo, na zona oeste da capital, o Parque Zilda Natel tem cerca de 2.400 metros quadrados, sendo um dos menores já visitados. Reduto de quem gosta de andar de skate ou patins, o parque localizado na zona Oeste possui três pistas específicas para a prática do esporte. Além disso, há uma pequena quadra de basquete e alguns aparelhos de ginástica. O horário de funcionamento é das 9h às 21h.

Para praticar exercícios na zona norte de São Paulo, a Pista Pública do Parque da Juventude, conhecida entre os frequentadores como Pista do Carandiru, é o ponto de encontro para o lugar perfeito. A área de street passou por uma reforma em 2011 e, além do novo piso, ganhou iluminação, estendendo a programação também para as noites. O parque tem bastante área verde e está bem próximo da estação de metrô Carandiru.

3 - Stand Up Paddle, wakeboard e wind surf



O Stand Up Paddle, também conhecido como SUP, aquele tipo de surf com remo, começou a bombar nas praias brasileiras há alguns anos. Para quem mora na capital paulista, pensar em praticar a atividade pode envolver também planejar uma viagem, mas não é bem assim: dá para subir na prancha em São Paulo mesmo.

A Represa de Guarapiranga, localizada na Zona Sul da cidade, é um leque cheio de oportunidades para quem ama os esportes aquáticos. Às margens da represa existem vários clubes que oferecem aluguéis de equipamentos e aulas monitoradas.

4 - Rapel



Surpreendentemente, o concreto de São Paulo tem ajudado a espalhar a prática de mais um esporte radical na cidade: o rapel. Nos viadutos da cidade, alguns com 30 metros de alturas, os paulistanos estão cada vez mais se somando a grupos especializados para praticar o esporte, que é ideal para quem gosta de aventura.

O endereço que tem se tornado tradicional para o rapel é a ponte sobre a avenida Sumaré, conhecida por abrigar a estação de metrô de mesmo nome. Outro lugar é o Mirante localizado nos fundos do Masp, o viaduto sobre a Avenida 9 de Julho. O local se tornou chamariz para quem gosta de chegar lá embaixo sem usar as escadas. Para se arriscar na aventura e encarar os seus medos, basta contatar uma das muitas agências especializadas no esporte.

5 - Corrida



São Paulo tem parques espalhados em todas as regiões: do Ibirapuera, em Moema, o Villa-Lobos, no Alto de Pinheiros, Parque do Povo, no Itaim Bibi e o Parque do Carmo, em Itaquera. E todos oferecem ótimos espaços para corrida e caminhada, ciclismo, skate, basquete e vôlei.

No Parque Estadual da Cantareira, localizado na Zona Norte da capital, você pode se aventurar por diversas trilhas e entrar em contato com a natureza, já que o local preserva parte da Mata Atlântica em seu território. Na Trilha da Cachoeira você encontra três quedas d'água: a Cachoeira do Tombo, a Cachoeira do Engordador e a Cachoeira do Véu. As trilhas são autoguiadas nos finais de semana e monitoradas de terça a sexta-feira (exceto feriados), das 8h30 às 15h30. Perfeito para aqueles que gostam de se aventurar pela mata – e tudo isso sem sair de São Paulo.